Me, Myself and I...

1 de novembro de 2012

Passados 4 anos

Curiosamente so tenho vontade de escrever quando estou triste... quando estou contente nao tenho criatividade... emfim...

O meu filhote foi levar as vacinas e agora tem um pouquinho de febre... Eu e o P estamos separados/juntos... dormimos na mesma cama mas nao nos tocamos desde 2 semanas. Decidi que quando voltar para Lisboa vou para a casa da minha mae com o Gui. Ja nao quero estar nesta relaçao... Cansei me de ser enganada... quer dizer... eu sabia, sempre soube... e resolvi esperar por ele. Mas ele nao vem e entende que o passado e mais importante do que o futuro. Passados 4 anos acabaram se as minhas forças...
Temos de manter uma boa relaçao de amizade plo Gui. Mas quando me ponho a pensar no quanto estou maguada aptece me fazer as malas e apanhar o 1º aviao com o Gui...

Nao esta facil... preciso voltar a casa urgentemente... estou mesmo muito em baixo e tenho de sorrir todos os dias pelo Gui...


4 de março de 2012

Regrets and mistakes they're memories made...

 
 
I heard that you're settled down
That you found a girl and you're married now
I heard that your dreams came true
Guess she gave you things, I didn't give to you
Old friend
Why are you so shy
It ain't like you to hold back
Or hide from the light
I hate to turn up out of the blue uninvited
But I couldn't stay away, I couldn't fight it
I hoped you'd see my face and that you'd be reminded
That for me, it isn't over
Never mind, I'll find someone like you
I wish nothing but the best for you, too
Don't forget me, I beg, I remember you said
Sometimes it lasts in love
But sometimes it hurts instead
Sometimes it lasts in love
But sometimes it hurts instead, yeah
You'd know how the time flies
Only yesterday was the time of our lives
We were born and raised in a summery haze
Bound by the surprise of our glory days
I hate to turn up out of the blue uninvited
But I couldn't stay away, I couldn't fight it
I hoped you'd see my face and that you'd be reminded
That for me, it isn't over yet
Never mind, I'll find someone like you
I wish nothing but the best for you, too
Don't forget me, I beg, I remember you said
Sometimes it lasts in love
But sometimes it hurts instead, yeah
Nothing compares, no worries or cares
Regrets and mistakes they're memories made
Who would have known how bitter-sweet this would taste
Never mind, I'll find someone like you
I wish nothing but the best for you, too
Don't forget me, I beg, I remembered you said
Sometimes it lasts in love
But sometimes it hurts instead
Never mind, I'll find someone like you
I wish nothing but the best for you, too
Don't forget me, I beg, I remembered you said
Sometimes it lasts in love
But sometimes it hurts instead
Sometimes it lasts in love
But sometimes it hurts instead,

Who do you think you are?



I know I can't take one more step towards you
Cause all that's waiting is regret
Don't you know I'm not your ghost anymore
You lost the love I loved the most
I learned to live, half alive
And now you want me one more time
And who do you think you are?
Running 'round leaving scars
Collecting your jar of hearts
And tearing love apart
You're gonna catch a cold
From the ice inside your soul
So don't come back for me
Who do you think you are?
I hear you're asking all around
If I am anywhere to be found
But I have grown too strong
To ever fall back in your arms
I've learned to live, half alive
And now you want me one more time
And who do you think you are?
Running 'round leaving scars
Collecting your jar of hearts
And tearing love apart
You're gonna catch a cold
From the ice inside your soul
So don't come back for me
Who do you think you are?
Dear, it took so long just to feel alright
Remember how to put back the light in my eyes
I wish I had missed the first time that we kissed
Cause you broke all your promises
And now you're back
You don't get to get me back
And who do you think you are?
Running around leaving scars
Collecting your jar of hearts
And tearing love apart
You're gonna catch a cold
From the ice inside your soul
So don't come back for me
Don't come back at all

Who do you think you are?
 

1 de janeiro de 2012

Estou Gravida....

Estou Gravida... e sou a mulher mais feliz do mundo....

14 de julho de 2011

Te quiero... un monton...

E agora?

Deus meu...
nao se passa nada ha que tempos e logo hoje tinha de passar se tudo....
Tenho duas grandes novidades a dar a minha cara metade... uma boa e uma ma...
A boa - Renovaram-me na empresa e possivelmente promoçao antes do final do ano...
A ma - A sua avo faleceu...

E agora???

8 de julho de 2011

MIUDINHO PA....



Estou fartinha da estupidez alheia...
da infantilidade nos actos...
da ausencia das palavras...
da presensa totalmente indiferente das nossas pessoas....
de glorias injustas...

Epa na realidade estou a ficar farta de ter de gerir certas personalidades....
Deixa me da maO pa... ve se cresces...

Hoje sabes qual e a minha vontade? E MANDAR TE A MERDA....

Preciso de AR FRESCO... 

Miss Home

13 de junho de 2011

Like I predicted



Just like I predicted, We're at the point of no return
We can go backwards, and no corners have been turned.
I can't control it, if I sink or if I swim cause I chose the water that I'm in.
 Que da igual si tú o yo, Si lo entiendes o si no, yo merezco mucho mas
Sólo quiero algo de ti
 If it's not what you're made of, You're not what I'm looking for
You where willing but unable to give me anymore, There's no way, You're changing,
cause somethings will just never be mine, You're not love this time ...
but it's allright...
 Siempre te escucho y resulta igual a nada, Tengo mil dudas sobre tu sinceridad
Creo que es justo recibir lo que te he dado, Porque yo mismo decidí
 And it makes no difference who is right or wrong, I deserve much more than this
 Cause there's only one thing I want,
 Si no estás para esto, No eres lo que yo busqué, El quererme no lo es todo
Pudiste darme más, No sigas, no cambies, hay cosas que no me entregarás
No es verdad? no hay mas....pero ya está bien
 What's your definition of the one, What you really want him to become?
No matter what I sacrifice it's still never enough

Como te dije, me hundiré sin remisión
Porque me encunetro donde yo quise decir...
El quererme no lo és todo, to give me anymore
there's no way, no cambies, hay cosas que no me entregarás
You're not in love this time
Si no estas para esto
No eres lo que yo busqué
El quererme no lo és todo
To give me anymore
There's no way, You're changing,
cause somethings will just never be mine
You're not love this time
No es verdad? no hay mas...You're not love this time...

8 de junho de 2011

Perdi o medo...



Perdi o medo de dizer que te amo, quando sinto vontade. Perdi a vergonha de pedir te um abraço quando mais necessito mesmo sabendo que acabo de deixar te... mesmo quando pode este ser o ultimo.
Mas ja nao importa nada, so quero ter te perto enquanto estamos aqui... ate daqui a pouco... ate o dia chegar que ambos sabemos que esta perto mas vamos fingir que nao foi dito... vamos passar por este ultimo momento juntos. Para depois ter as melhores recordaçoes e algo melhor para contar que as incertezas e fantasmas com que vivemos... quero depois poder dizer que foste a minha melhor escolha mesmo depois de tudo... quero continuar a acreditar que fui feliz mesmo agora que sei que estavas do outro lado do oceano... mas nao importa porque no fim o que realmente e importante e que acreditei... que fui feliz... e que nao queria recordar te de outra forma...

5 de junho de 2011

Sinais de alerta ignorados...

Quanto tempo dura uma relaçao que  :

- nao tem uma melodia que faz sonhar...
- nunca danço sem musica...
- tem mais silencio que gargalhadas...
- deixa portas abertas...
- que vive de sombras...

Não se vem estes motivos, nao se pode falar concretamente deles mas sentem se a todo o momento... Vazios enexplicaveis... silencios que abrem buracos... assuntos repetidos... ou falta deles... caminhos distintos... falta de credibilidade em pequenos gestos...

Nao se podem tocar... a menos que deixes a mao cair sobre o peito, e sintas o coraçao a gritar de infelicidade e espaço em branco.....

Não se pede que nos amem... nao mandamos em quem amamos nem quando temos de parar de amar... e podemos mesmo passar a vida a amar aquela pessoa em silencio...

"Multiplicamos os nossos bens,
mas reduzimos os nossos valores..."


3 de junho de 2011

Alguns dos meus amigos dizem....


-Arranja um Amante!

Muitas pessoas têm um amante, e outras gostariam de ter um.

Há também as que não têm, e as que tinham e perderam. Geralmente são estas últimas que vêem ao meu consultório para me contar que estão tristes ou que apresentam sintomas típicos de insónia, apatia, pessimismo, crises de choro, ou as mais diversas dores.
Elas contam-me que as suas vidas correm de forma monótona e sem perspectivas, que trabalham apenas para sobreviver e que não sabem como ocupar o tempo livre. Enfim, são várias as maneiras que elas encontram para dizer que estão simplesmente a perder a esperança.
Antes de me contarem tudo isto, já tinham estado noutros consultórios, onde receberam as condolências de um diagnóstico firme: "Depressão"... além da inevitável receita do anti-depressivo do momento. Assim,depois de as ouvir atentamente, eu digo-lhes que elas não precisam de nenhum anti-depressivo. Digo-lhes que o que elas precisam é de um Amante!

É impressionante ver a expressão dos olhos delas ao receberem o meu conselho. Há as que pensam: "Como é possível que um profissional se atreva a sugerir uma coisa destas ?!".
Há também as que, chocadas e escandalizadas, despedem-se e não voltam nunca mais. Às que decidem ficar e não fogem horrorizadas, eu explico-lhes o seguinte: Amante é "aquilo que nos apaixona". É o que toma conta do nosso pensamento antes de adormecermos, e é também aquilo que, às vezes, nos impede de dormir.

O nosso Amante é o que nos mantém distraídos em relação ao que acontece à nossa volta. É o que nos mostra o sentido e a motivação da vida.
Às vezes encontramos o nosso amante no nosso parceiro, outras vezes, em alguém que não é nosso parceiro, mas que nos desperta as maiores paixões e sensações incríveis. Também podemos encontrá-lo na pesquisa científica ou na literatura, na música, na política, no desporto, no trabalho, na necessidade de nos transcendermos espiritualmente, numa boa refeição, no estudo, ou no prazer obsessivo do nosso passatempo preferido...

Enfim, Amante é "alguém" ou "algo" que nos faz "namorar" a vida e nos afasta do triste destino de "ir vivendo". E o que é "ir vivendo"?

"Ir vivendo" é ter medo de viver. É vigiar a forma como os outros vivem, é o deixarmo-nos dominar pela pressão, andar por consultórios médicos, tomar remédios multicoloridos, afastarmo-nos do que é gratificante, observar decepcionados cada ruga nova que o espelho nos mostra, é aborrecermo-nos com o calor ou com o frio, com a humidade, com o sol ou com a chuva. "Ir vivendo" é adiar a possibilidade de viver o hoje, fingindo contentarmo-nos com a incerta e frágil ilusão de que talvez possamos realizar algo amanhã.

Por favor, não se contentem com "ir vivendo". Procurem um amante, sejam também um amante e um protagonista da vossa vida...
Acreditem que o trágico não é morrer, porque afinal a morte tem boa memória e nunca se esqueceu de ninguém. O trágico é desistir de viver, por isso, e sem mais delongas, procurem um amante.
A psicologia, após estudar muito sobre o tema, descobriu algo transcendental: "Para se estar satisfeito, activo, e sentirem-se jovens e felizes, é preciso namorar a vida".

Sem inspiraçao...

Nova mudança de planos... a vida é isto mesmo... uma constante mudança de planos. Mudar nao pode ser sempre mau... pode comecar por um mau motivo mas nem sempre pode ser negativo... tambem representa um novo começo...
Pela primeira vez assumo que so precisava que me dessem a mao, um carinho na cara e duas palavras que formam uma frase...
Estou virada ao contrario....

19 de maio de 2011

As Boas vindas ao Novo Membro da minha Familia...

Eva


A minha Bulldog Francesa 
 2 mesinhos...

Liiiiinnnnnddddda

16 de abril de 2011

A minha melhor amiga foi traida...

 


Nem queria acreditar...

Ela esta a passar o pior momento da sua vida e eu tao longe.... sem lhe poder dar um miminho... uma festinha... limpar lhe as lagrimas...
E na verdade tive a pior das reacçoes... Ela ligou me e foi directa ao assunto, a primeira frase que disse assim que atendi foi: "
C - Amiga... ele traiu-me... porque e que nao estas aqui...???
Eu - Tens a certeza?
C - A minha irma contou-me...
EU - O que vais fazer?
C - SEi la o k vou fazer...
Eu - Perdoa-o...
C - O k???? entao e eu? e a minha auto-estima?
Eu - Vais sofrer mais assim.... vais acabar por perdoar... e depois vais arrepender te...
C - Nao te conheço...
Eu - Queres ficar com ele?
C - O que farias tu?
Eu - No teu lugar? Perdoava....
C - Amo-te amiga...
EU - Me to...
.....

Mas na verdade, eu menti...

Eu nao perdoaria... mas a minha miga C nao tem sitio para ir nem ninguem com quem contar e eu nao estou la e ela nao esta aqui... tenho medo que faça alguma loucura e recomendei lhe que ficasse com ele... eu sei que se amam muito e que aquilo nao passou de uma aventura da qual ele ja se arrependeu faz tempo....

Agora nao sei se o meu conselho foi o melhor mas estou a pensar com a cabeça e nao com o coraçao...

14 de abril de 2011

Must see...

http://www.youtube.com/watch?v=VYIsuy2-cAg&feature=share

Looking For JOB???


Ainda nao entendi muito bem o que significa isto que andam por ai a falar e escrever em todos os canais e jornais do mundo....
TAXA DE DESEMPREGO...
(Desculpem lá ignorancia...)

Segundo Wikipedia:
"Desemprego é a medida da parcela da força de trabalho disponível que se encontra sem emprego."

Tenho pouco a dizer a este respeito. Cheguei a Andorra a dia 1 de Dezembro, a dia 15, tinha trabalho. Cheguei a Mallorca a dia 28, dia 30 ja tinha emprego... Desde a minha saida da farmacia em Lisboa passaram 3 empregadas novas que alegavam querer trabalhar, 1ª "muito trabalho, nao aguento", 2ª "afinal esta nao e bem  minha vocaçao..." e a 3º foi despedida por ser incompetente... continuam sem pessoal.
Na minha empresa Tenho uma vaga desde Fevereiro... Uma amiga que é gerente da Claire's em Mallorca continua desde Janeiro á procura de uma funcionaria...

Hoje em converça de cafe com a dona da Salsa em Mallorca, cheguei a conclusao que nao existe realmente desemprego mas sim, falta de quem queira trabalhar. Algumas pessoas estam tao afundadas nos proprios pensamentos pessimistas, que se esquecem, que os empregadores nao adivinham que elas estam em casa sem trabalho...

Amigos e Amigas desempregadas... saiam de casa carregadas de CV's e entreguem directamente... porque procurar trabalho sentada na mesa da sala em frente ao computador nao é propriamente uma procura....

Desculpem a franqueza... estamos em crise, nao em guerra....

7 de abril de 2011

25 de março de 2011

Amanha e o meu aniversario...

...e vou passa sozinha aqui na SnowLand... que raiva....

24 de março de 2011

Assim deixei hoje a minha casa em Andorra... Amanha vou enviar as coisas para Mallorca pela transportadora e vou segunda feira a tarde.... o Apartamento deve ser giro... pelo menos espero pelo preço que vou pagar por ele...

23 de março de 2011

Nunca pensei...

Nunca pensei que teria tao POUCA vontade de viver,
AQUI...
...vou na proxima segunda para Mallorca.

14 de março de 2011

Aqui nao se passa nada...

Dia: 14 Março (feriado em Andorra)
Estado: Sozinha (como na ultima semana)

O "P" ja esta em Mallorca... ja esta a trabalhar... ainda nao arranjou casa... mas ja tem carro...  eu continuo na SnowL@nd...  "alone... sad... sola...enfadada... con ganas de salir... todavia en mi piso... que asco"... vou a Portugal dia 17... amanha e o meu ultimo dia de trabalho e a "hira de puta" da minha chefe continua a "tocarme los uevos"...

Coisa rara que aconteceu nos primeiros 3 dias que o P foi embora... no senti a sua ausencia... nao sei se por nao me fazer muita companhia ou se por EU, ME  estar a colocar em OFF... depois quando estava a arrumar as malas dele para levar para Mallorca encontrei uma camisa que emanava o perfume dele... ja com 3 copos de Rose e muisica de fundo a condizer com o momento de cinema... começo a dançar com a camisa dele e a Chorar que nem uma Madalena arrependida... caiu me a ficha... estou mesmo sozinha neste fim de mundo e o tempo nao passa....

O "N" fez anos dia 11... mandei mail de parabens respondeu-me... so isso... aguas passadas... erros... enfim....

Aqui nao se passa nada.... nao ha muito para contar que nao sejam parvoices... nao vos vou perder tempo... os Post's so vao ser melhores a partir do inicio do proximo mes... ja agora alguem sabe qual a maneira mais barata de trasportas perto de 60 k de mercadoria ( as coisas da minha casa) de Andorra a Palma?

See You...

18 de fevereiro de 2011

One day, but last forever...

Dia especial para mim...
Nunca vou esquecer este dia... ou melhor esta tarde e esta noite... mais precisamente as 4.30 da manha (desde esta e durante 3 anos)....
vou so deixar uma musica que hoje me faz sentir de volta ao ano 2001... com a mesma gana... onde eu era mesmo muito feliz....

Beijos...para ti...

17 de fevereiro de 2011

Resumos...


Humor: Assim-assim
Peso: 59 ( temos de tirar pelo menos 1.5k de roupa...)
Estado: Critico. Uniao de facto. Sozinha em casa. 3 copos de vinha, semi-alcoolizada...
Momento: 3 episodios da primeira temporada de Ally Mcbeal...
Um MUST...

Ok Ok... estou na caminha as 9 da noite e??? eu sei... very sad...
Ultimo pensamento: Londres... eu quero Londres... Porque?
Porque nao vou para Barcelona á procura de mais uma paixoneta... e mais.... este sonho recorrente com aquela casa... anos seguidos a sonhar com isto...voltou... nao sei onde, nem quem mas esta la alguem a minha espera... eu preciso muito de entrar e nao ha portas... simplesmente nao ha... o pior e que a pessoa que me espera la dentro vai mudando... á uns anos eu sentia que era o "S"... Oh god... O "S"... enfim depois ( e curiosamente saltamos o "N") pensava que era o "P" e nao sei bem porque agora nao faço a minima ideia de quem e agora... ja nao tinha este sonho mais ou menos á 1 ano... estou meia baralhada... nao ha azar...

1º ano em que o postal de Sao Valentim segue sem discurso... ou melhor... eu escrevi um testamento numa folha de word que nao lhe mostrei... ja nao sei bem porque... bem continua arquivada numa pasta do meu pc mas é ai que vai ficar...

Vou voltar... para Portugal claro... Mas quero Londres... Quero muito... Ele quer Barcelona... e  sei que vai quer muito... bem talvez seja altura de querermos muito alguma coisa... ja que ate agora tudo o que queria muito era a Ele...

Entre estes sonhos com a casa tenho sonhado com o "S"...  Bem isto parece mesmo um habito... remecher e remecher quando devia era andar para a frente.... enfim... ANA
ANAINISMOS... (termo tecnico para Habitos Incontornaveis da minha personalidade)

Esqueci-me de mencionar uma coisa... estou como nova... curei-me... e estou disposta a experimentar coisas novas... falhar nao e o fim... nunca mais vai ser a ultima coca cola na face da terra e
EU MERECO SER FELIZ DE POR ONDE DER...

See U...

29 de janeiro de 2011

Again

Mais 3000 sms's durante a tarde e mais uma chamada... e depois de lhe explicar pla 1000 vez porque e que nao "da", que a minha consciencia me ia sufocar, que sou fiel, etc etc etc...  recebi o melhor elogio do ano...

-"Sabes afinal nao me apaixonei pela mulher errada e comprometida... mas sim pela mulher ideal. Afinal es perfeita."

Bolas... o ego bateu la em cima... o R nem deu conta mas so me foi dar mais força para nao sair com ele...

28 de janeiro de 2011

O Pais Das Maravilhas Para Gatas Borralheiras

Apos quase 3 meses sem digitar nem uma palavrinha... ca vai a confissao de 2011...


Andorra... sim é lindo, nas primeiras 2 semanas, até que que tenhas os primeiros sintomas de ia.
Sim as pessoas são simples, tanto que todas se acclaustrofobham as melhores do mundo...
Não, repito, Não é o pais das oportunidades...
OK entao a ingenua era eu...

1º Dilema:
Trabalhar em Andorra
Eu nao sou Licenciada... sabia que nao ia encontrar aqui um trabalho na direcçao de uma grande empresa.... mas sou TAF (tecnica de farmacia).
Tambem sabia que no inicio teria de aceitar qualquer coisa para me darem o tao necessario Permisso de trabalho. O que se tornou missao impossivel em Dezembro... Passo a explicar... O Governo de Andorra tem tudo muito bem controlado e é muito dificil dar a volta ao texto. O Principado é pequeno ( para nao dizer um ponto no mapa!!!) e na realidade, se passas mais de 2 meses na mesma estrada os Policias de transito já te conhecem. Esta a abarrotar de Tugas, por muito que queira treinar o espanhol e impossivel, respondem me sempre num espanhologues.... Entao uma vez ao ano fazem uma avaliaçao da percentagem de desemprego. Resumindo, primeiro ha que dar trabalho aos que ca estam e so depois, na falta de pessoal em determinadas areas abrem os famosos cup's( nao sei bem se e assim que se escreve, mas e assim que se diz). Os Cup's servem para dar vagas aos estrangeiros que queiram trabalhar nas tais areas. Isto e tudo muito bonito e estab tudo muito certo, mas agora vejam no que deu... Nao existe mao de obra qualificada em parte alguma destas paroquias. No mes passado o P concurreu a uma vaga de Recepçao num Hotel na nossa zona de residencia. O anuncio esteve ate hoje no jornal. Nao foi chamado nem para entrevista, (tenham em conta que o P é licenciado em Gestao Hoteleira, tem mestrado em Gestao e Pos graduaçao Bancaria), o Feliz contemplado a ficar com a vaga foi um sr. que estava nas obras do Tunel (Obreiro), o sr. nem espanhol sabia falar.
Eu sei que parece piada mas é a mais pura das verdades. e como esta tenho dezenas mas nao vos quero massar. Bom tudo isto para dizer que aqui a princesa esta pela primeira vez na vida nas limpezas.... e triste nao e... foi o que apareceu. O P esta a levantar pratos no mesmo Hotel... e tivemos grande sorte em nos terem feito os permissos...

Bem o post esta gigante... amanha conto mais.

Beijinhos cheios de saudades vossas

7 de novembro de 2010

Novidade

Caros amigos e amigas,
tenho a anunciar-vos uma das melhores noticias do ano...

VoU ViVeR PaRa AnDoRrA....


Estou tao contente que nem estou em mim...

29 de outubro de 2010

Sempre em cheio...

O R voltou a ligar....
 bla bla bla... so um cafe...
 bla bla bla... va la...
bla bla bla....

...nao fui...

28 de outubro de 2010

Bora la outra vez...

Épa...
uma vez eu resisto ao impluso... duas  ja nao sei... tu continuas a dar espaço de manobra a mais...

Mais um jantar
de convivio com os colegas??? entam mas esta mer.. vai ser sempre assim...???

Ok Ok...
Olha sabes que mais... reza para que nao receba nenhum convite para jantar ate la e que fique de cama no Sabado porque caso contrario so me vais ver quando amanhecer...

Melhor...
 deixa la a devoçao a Deus pk afinal nao vai valer a pena... vamos jogar o mesmo jogo... Não foste tu que me disses te para tirar as minhas proprias conclusoes na ultima vez que falamos...?
Ups... vai ser uma noite em grande...

Mas vai mesmo... vás tu ao jantar ou nao...

25 de outubro de 2010

Provas de Fogo



(resumo da converça entre 3 amigas)

Desde que descobri que o P me tinha traido, tenho tido os dois lados das relaçoes extra conjugais...

Em Agosto, senti-me a chegar ao chao com um esgotamento nervoso tipo tornado...
 Quem procura sempre acha e eu descobri que o homem com quem vivo á um ano e meio, está receptivo a casos fora da relaçao.
Fiquei para morrer... nao por ele ser o amor da minha vida (nao é!) mas porque desde que deixei o N (practicamente no altar) que jurei a mim mesma nunca mais me deixar envolver ao ponto de ficar na mer... mas porque tinha finalmente voltado a confiar em alguem. Considerava a nossa relaçao como estavel e segura. Nao precisavamos de estar sempre a dar provas de amor, apenas que nos respeitasse mos incondicionalmente.
 Eu sabia que ele trazia o fantasma da T no coraçao e eu tambem trazia o S no meu. Nao fazia mal... era legitimo.... procuravamos o mesmo... paz de espirito.
Feliz ou infelizmente, comigo as coisas mudaram... fui me apaixonando por ele todos os dias um pouco mais... ate que da relaçao em que eu ainda ia a tempo de sair sem me magoar, se transformou no meu plano a longo prazo.

 Oki... é mais intenso... ate aquela noite em Agosto quando o meu principe se tranformou em sapo...

No mesmo mes... tudo me aconteceu.
Desde me cruzar com o meu ex e fazermos as pazes (hoje ja somos capazes de manter uma converça com mais de 4 frases sem nos ofendermos), estar no mesmo recinto fechado com o unico homem que me faz tremer de cima a baixo so de olhar para mim (o amor da minha vida que ja nao via a mais de 7 anos), e entre muitos convites de estranhos...
 Conheci o R...
Mesmo signo (carneiro), mais velho (8 anos), lindo de morrer, divorciado, super inteligente e bem sucedido, impulsivo... o tipo de homem que nos convida para jantar, e o restaurante nao chega entao, leva-nos a Paris so porque acha que mercemos mais e melhor...charmoso todos os dias, nem vou continuar pk isso faz me repensar todas as minhas decisoes (estou a brincar)...

Um charme incomparavel... no inicio nao dei grande importancia mas ele de todo que deve saber ler em varias linguas, porque a minha e bem complicada e ele parece que me conhece a 20 anos...
Como somos de alguma forma colegas, trocamos contactos rapidamente, mas ate trocarmos mensagens pessoais foi um estante... o R era a pessoa ideal para me fazer sentir de forma diferente visto que o meu maravilhoso companheiro me fez sentir tao pequenina....
A raiva dos acontecimentos do mes de Agosto estavam muito presentes no meu dia a dia, com isso os encontros profissionais com o R eram cada vez mais recorrentes e cada vez mais sem razao aparente... hoje um cigarro... amanha um cafe... ate a semana passada quando o R entrou as 9 horas da manha na minha farmacia com um ramo de flores e uma declaraçao de amor que deixava qualquer uma sem folego.... é claro que as flores foram para o lixo mas ja nao me esqueci desta criatura...
É obvio que o informei da minha situaçao e passei a ver o R com outros olhos... Rapidamente as menssagens passaram a começar as 8.30 da manha e a terminar pouco antes de entrar em casa (nao que eu tenha pedido mas pk ele nao queria causar me problemas com o P). Confesso que que deixei que ele disse-se o que queria e talvez ate tenha deixado tranparecer que tb o acho interessante... mas as coisas mudaram de cena. O R, convidou-me para jantar.... nada de mais. Só jantar... disse que nao... mas nessa noite o P informou-me que tinhamos um jantar com os colegas do novo trabalho dele... nao me sinto segura o suficiente para conhecer mais ninguem que partilhe o mesmo espaço que ele, pk nao sei como ele é no trabalho... depois daquela noite em Agosto nao consigo confiar nele, e issa faz me pensar qual a sua postura na minha ausencia...
Pensei em inventar uma formaçao de ultima hora para me poder baldar... e assim foi... a questao e que o R voltou a aparecer la na farmacia e implorou-me uma chance de me mostrar o que podiamos ser... e querem adivinhar qual foi a proposta?
... Jantar cozinhado por ele a luz das velas, dançar slows na sala, e converçar ate "ficarmos tao cumplices como romeu e julieta".. estas foram as suas palavras... (tudo o que peço ao P desde que nos conhecemos...) Aceitei...
Bem... resumo...
Nao fui capaz... cancelei a ultima da hora e vim para casa... chorei conpulsivamente durante 35 min...  depois adormeci... o P chegou do trabalho e abraçou me como que se soubesse... sei que se isto se tivesse passado a um mes atras ja nao estaria com ele, e isso deixa me muito preocupada... o R fez com que deixa se de me preocupar com as traiçoes do P dizendo coisas como " a minha felicidade passa por estar ao teu lado", "nao posso passar um dia sem te ver", " deixa me abdicar da minh vida por ti" ou " quero passar o proximo natal na tua farmacia para nao te deixar passar sozinha"...
Mas em contra partida colocou-nos numa situaçao de risco... na noite do jantar o P esteve a segundos de me perder para sempre... e nem deu conta... mas nao fui capaz... talvez ate uma parte de mim deseja-se muito mas a minha consciencia nao me deixou...
Chorei por perceber ao ponto em que a minha relaçao esta sensivel e por um fio... Adormeci de tristeza...
Acordei nos braços do homem que ainda amo mas nao sei por quanto tempo...

Hoje cheguei a uma conclusao com a maior clareza... a unica hipotese da minha relaçao com o P, passa apenas pelas maos dele...
Se vai a tempo?
Nao sei... mas gostava muito que sim...
Acredito que uma parte da minha felicidade passe por ele...
Seria muito egoista da minha parte contar-lhe tudo o que disse aqui hoje... sei que se ele me ama iria sofrer com esta informaçao, mesmo que no final entendesse que optei por ele antes de fazer uma asneira de que provavelmente me arrependeria...
Na certa ele merecia amadurecer com esta realidade...
Quem sabe um dia quando nos tornarmos tao " cumplices como Romeu e Julieta" eu lhe conte o que vivi quando ele me traiu... ou talvez nunca...

Ainda o amo ...mesmo depois de ele ter provado que nao e digno da minha dedicaçao...

Vou dormir... informaçao a mais para um post so...

16 de outubro de 2010

«O fim da inocencia» de Francisco Salgueiro


É o livro mais polémico deste ano. É chocante, mas é uma história real sobre uma adolescente portuguesa, que todos deviam ler. Sobretudo quem tem filhos menores de idade.
Esteve quase para não ser publicado por causa do conteúdo assustador sobre os adolescentes portugueses do século 21. Mas finalmente está à venda.

Não podem mesmo perder, li em menos de 24 horas e super intenso e polemico... Nao é de todo recomendado a pessoas sensiveis.
Não tem uma unica frase simples e sem interesse...

(deixo o clip do livro)

14 de outubro de 2010

Alta novidade...


Não sei o que me deu nem o que aconteceu... acordei assim... Estou COMO NOVA...
Não há cá mais choradeira do coração, do trabalho, das pessoas cinicas e falças com que convivo... chega!!!

Foi lindo.... Aconteceu depois do almoço...

Virei-me para tras para responder ao meu 2º nome e deparo-me com uns olhos azuis que levaram ao ceu em seguntos...

- Queres um café?

... como já me estava a imaginar vermelha tipo semáfro aprexei-me a dizer que estava atrasada, e Ele só disse:

- Tudo bem... que pena.

Urghurrggg...

12 de outubro de 2010

1º Aniversario do Water Reflections...



O tempo passa tao rapido que nem dei conta do 1º aniverasrio do meu Bloguezinho...

Parabens a nos...

8 de outubro de 2010

Hate & Love

A-Quando tudo na relaçao, falha o que acontece?
D-Fica a Raiva...
A-Como se vence a Raiva?



D-Nao se vence, fica o Sexo... o Sexo melhora...
A-E quando até o Sexo deixa de funcionar?
D-....o Odio?


...Claro que não...
...TEM DE SER AMOR...

5 de outubro de 2010

Desafio DE « Roupa Prática »

Entao vamos la a isso!

O desafio implica revelar 5 factos acerca de mim e dizer 10 coisas de que gosto.

Os 5 factos acerca da minha pessoa:
- adoro a minha profissao.
- nao lido bem com insectos.
- sou uma pessoa saudavel.
- sou impulsiva, muito impulsiva e adddooorrooooo....
- so alguem muito especial me tira o sono.

As 10 coisas de que eu gosto:

- andar de carro a noite
- carbonara com tudo
- vinho branco
- andar a cavalo
- massagens (todo o tipo)
- fazer amor, muito ,muito ,muito amor....
- dormir sempre ate tarde
- nadar
- dançar
- Cantar (no duche/carro)



Escolher 10 blogues:

Sex na cidade
Sutra
teardrop
Sea
CAROLINE
Complicações
guida
Cisne
Simplesmente
MAG

A estes faço algo novo, e acrescento o meu selo com carinho ao Desafio...

Beijos grandes a Essencia, e a todos os meus leitores que tanto adoro...

4 de outubro de 2010

3 de outubro de 2010

Ele prefere ser o outro...

Devo confessar que a palavra «Amante», tem para mim uma conotação muito excitante...  Não pelos factos negativos socio-culturais que dele provêm mas sim pelo misterio envolvente, a carga de adrenalina, o poder que confere ao traidor... depois tambem temos que convir que enquanto Amantes, têm o melhor dos dois mundos... a liberdade e independencia dos solteiros, e os momentos de sedução, cumplicidade e o sexo, que só vale a pena quando é suberbo... sem exceção os momentos passados com o/a amante sao escassos mas deveres apaixonados, são vividos ao rubro...

Confesso tambem que (se diz por ai), o meu signo é o mais infiel do Zodiaco. isto deve-se apenas a dois factores da personalidade extremamente vincados nos descendentes de Carneiro. E eles são: a carencia constante (nos precisamos de muito, muito, muito, carinho), e o Sexo... ou bem que há SEXO ou bem que não há SEXO... SEMPRE e BOM... quando não há a solução mais practica de um carneiro é... TRAIR... apenas pelo momento...

Não, eu NÃO sou INFIEL... sim, eu já fui, 3 vezes. A 1ª por rebeldia, mas fez-me conhecer o meu G.A. (Grande Amor), a troca de parceiros durou cerca de 3 meses, não tive peso de consciencia. a 2ª Foi a derradeira vingança por desta vez ter sido eu a trocada. Como a consciencia dele pesou, voltámos mas tive de me vingar. E ai sim, ouvi uma voz dentro da cabeça a melgar-me... A 3ª e ultima vez, colocou-me no ponto em que me encontro agora. Deixei o N. dois dias depois de me envolver com o P.

Na semana passado um amigo confessou-me que escolheu ser o «Outro» e depois de me mostrar o seu ponto de vista quase que fiquei a concordar com ele... Acontece é que a minha consciencia ganhou voz activa no meu dia a dia, e tem ca um voseirão!!!
Cheguei a casa, fui tomar um grande banho pois enquanto conversavamos estavamos a tentar fazer jogging (e sem duvida por esta sequencia de acções)e fiquei a pensar em tudo o que tinha ouvido...
Uma questão de adrenalina? liberdade? Falta de obrigações?
Então e as desvantagens de estar com alguem apenas pla metade?Compromisso em Part-Time? O preço da solidão nos fins de semana sozinho/a serão o preço justo por esta opção?

A minha consciencia acabava-me com os nervos... 

28 de setembro de 2010

Nunca é tarde de mais

Li e não resisti...
"Nunca é tarde de mais para começar de novo.

Lutar por aquilo que queremos, é algo que devemos sempre fazer, é algo que precisamos fazer sempre.
Mas é tão difícil sabermos o que verdadeiramente queremos, são tantas as vicissitudes da vida, que na maior parte das vezes acabamos por ser mais um, no meio de muitos e não aquele, aquele especial que um dia sonhamos ter sido.
O que faltou? O que aconteceu para não termos perseguido aquilo pelo qual ansiamos toda a nossa vida? Simplesmente não temos coragem nem a força de vontade necessárias para tal. É muito mais simples ser mais um, do que ser o tal. Ser mais um, significa habituar-se ao que possui e viver com o que facilmente conseguimos ter, o que não dá tanto trabalho, algo a que já estejamos habituados, algo de concreto que já temos como certo. Mas ser mais um, não foi o que sonhamos um dia, ser mais um não é suficiente.

Se temos asas, porque não voamos? Se temos ideais porque não os perseguimos? Se temos sonhos, porque não os realizamos?
Nunca é tarde, mesmo que já tenhamos a vida toda organizada, mesmo que pensemos ser uma loucura, mesmo que toda a gente diga que é impossível, é o nosso sonho e temos de fazer de tudo para tentar que se torne realidade. Basta uma palavra, um gesto, qualquer coisa, mas o que importa é que tentamos, mesmo que não consigamos.

Realizar um sonho, talvez seja a coisa mais difícil que a vida nos propõe, mas também é a mais significativa, talvez seja mesmo o nosso destino. Nada é impossível quando se trata dos nossos sonhos, não existem obstáculos que a persistência e a coragem não resolvam, não existe maior alegria do que lutar por aquilo que nos faz feliz. Porém também sofremos muito, mas assim, é que, no fim, damos os verdadeiro valor a tudo o que passamos."

27 de setembro de 2010

Provas de FOGO....

The fragrance was unmistakable...
The hand on the shoulder ...
hands shaking, sweating ugly, bursting heart, butterflies in my stomach ...
well, look to the side and who is there?

The enormous Ex...

Long talk, heartfelt apology, giving the news, and finally without remorse...


o coraçao ainda bate fora de control.

23 de setembro de 2010

Quase's...

Pelas vezes que quase casei contigo...
Pelas que quase dançamos sem musica...
Pelos desejos que quase sussurramos...
Pelos momentos que quase eram so nossos...
Pelos projectos que quase concretizamos...
Por quase tudo e por quase nada... do tanto que quase fizemos... se quase nao chegamos a fazer... de tanto que que quizemos... ou sera que eu quis...

Tu nao tens culpa afinal... eu ja sabia que tudo era como era e que tudo era so quase especial...
...e agora faço o que com tantos quase's...
...agora eu quase durmo... quase como.... quase sobrevivo...
nem sempre o fim esta no lugar que esperamos...

Sinto a mudança da quase atitude hoje... sinto o inverno ca dentro a tomar conta do espaço.
Pequenos crimes sem desculpa... pequenas magoas e grandes fantasmas...




Luminosidades

Um desabafo ….


Depois de saber … na pessoa em que te tornaste …
Depois, de mais uma vez, sentir a dor da falsidade e do desrespeito …
Depois, de mais uma vez, ficar magoada e calada …
Decidi … que dizer basta não chega … o calar, magoa … o deixar que me atormentes passe a ser, verdadeiramente, passado…
Chega de mágoa e sofrimento … O afastar não foi suficiente … é preciso apagar
Questionei-me horas a fio … como o poderia fazer … e se tal querer poderia ser possível
Doía só de pensar que teria de apagar, também, aquelas imagens e pensamentos maravilhosos que restavam de ti …
Doía só de questionar … o porquê que tu terias de ser apagado da minha vida …se tu foste a minha vida … e assim teria de apagar um pouco de mim
Mas antes prescindir de um pedaço do meu ser … a ser aniquilada totalmente com o que tu és agora …
Não procuro saber de ti … bastava-me sentir que tudo estava resolvido e que cada um de nós se tinha orientado no caminho que escolheu…
Mas, sem desejar, sem o procurar… tu voltas ao meu presente e assombras o meu viver …
Não fui eu que procurei o afastamento … mas respeitei-o
Não fui eu que saiu com o desejo de ser uma nova pessoa … mas aceitei…
Porquê … agora… tu voltas a fazer parte do meu presente … envolto em desconsideração e falsidade…
Nem coragem tens para me olhares nos olhos e dizeres todas essas palavras maléficas com que me roubas a paz que tanto me custou a encontrar …
Peço-te … que não as digas a pessoas que me são tão próximas … com o intuito de que me possam chegar sob forma de navalhada …
O meu coração está já esquartejado de sobra … a caso não lembras de como me feriu a tua atitude…!!!!
Preciso de me encontrar ... preciso de me esquecer...

16 de setembro de 2010

Miminho da Guida...

1.Dizer quem ofereceu o selo:
- A guida que e uma querida e eu uma grande admiradora sua e o do seu blog...

2.responder a duas perguntas:
2.1.refere um momento que gostasses de reviver:
O dia em que fiquei cumplice do meu principe encantado...

2.2.porque?
- porque ainda sinto borboletas na barriga quando recordo...

3.Reenvia para 5 blogues:
-Shell
-Sutra
-Sex na cidade
-A Minha Essência
-Cisne

Rodada do Sutra...




Este foi uma oferta geral para quem segue o blog do Sutra....
Tb vou cumprir com as regras...

1.Ver ou Olhar?
- Ver durante muito tempo e olhar de relance....

2. O que dizem os teus olhos agora?
- Que esta dificil mas vai chegar o momento...

3. Outros blogs que te façam ver para além de olhar:
-Sex na cidade
-Guida
-Shell...

14 de setembro de 2010

Sugestão do Cyber migo Sutra...

Achei o maximo o desafio do Sutra....
Recomenda-se...

Ora bem.... o desafio consiste em revelar 5 factos a meu respeito e 10 coisas de que gosto...
Sirvam-se...
ca vai...
1*E um facto... que lido muito mal com gente mentirosa...
2*E um facto...que nao resisto a um doce...
3*E um facto...que sou ciumenta...
4*E um facto...que todos os dias me amo um bocadinho mais...
5*E um facto...que tenho de andar com 3 agendas para nao me esquecer das coisas...

1* gosto de acordar tarde
2* gosto de cozinhar(o k nao quer dizer que o faça bem...)
3* gosto que me mexam no cabelo durante horas...
4* gosto de rosas brancas...
5* gosto do que faço...
6* gosto de escrever...
7* gosto de comer...
8* gosto de agua.... dentro do copo, da torneira, na piscina, da praia.... agua...
9* gosto de homens romanticos que dancem sem musica...
10* Mas acima de tudo... ADORO-ME...

Quase


Ainda pior que a convicção do não e a incerteza do talvez é a desilusão de um quase. É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi. Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase morreu está vivo, quem quase amou não amou. Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos, nas chances que se perdem por medo, nas idéias que nunca sairão do papel por essa maldita mania de viver no outono.
Pergunto-me, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna; ou melhor não me pergunto, contesto. A resposta eu sei de cór, está estampada na distância e frieza dos sorrisos, na frouxidão dos abraços, na indiferença dos "Bom dia", quase que sussurrados. Sobra covardia e falta coragem até pra ser feliz. Ser feliz da muito trabalho... A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai. Talvez esses fossem bons motivos para decidir entre a alegria e a dor, sentir o nada, mas não são. Se a virtude estivesse mesmo no meio termo, o mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-íris em tons de cinza. O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si. Não é que fé mova montanhas, nem que todas as estrelas estejam ao alcance, para as coisas que não podem ser mudadas resta-nos somente paciência porém,preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer. Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance. Não deixes que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfia do destino e acredita em ti. Gasta mais horas realizando que sonhando, fazendo que planeando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.

"Sarah Westphal"

16 de agosto de 2010

Dois assuntos que hoje tiveram alguma importancia....

Hoje no meu precioso momento de pausa ( que sao aproximadamente os 10min depois de entrar em casa) sentei-me na varanda a tomar um optimo cafe caseiro e fumar o ultimo cigarro do maço enquanto desfolhava a revista Domingo que vem com o correio da manha do meu querido namorado... quando li uma cronica do nosso conhecido jornalista João Miguel Tavares sobre as suas ferias em familia. Ao que ele refere, e passo a citar, "A lingua portuguesa já devia ter arranjado um nome especifico para designar o tempo que os pais passam com filhos menores de seis anos quando a escola está fechada e eles são obrigados a dedicar-lhes a totalidade dos dias"... hummmm... nao me pareceu uma saida muito feliz.... A menos que os tenha "Feito" com uma arma apontada a cabeça... Ainda ontem em casa da minha mae, argumentava-mos acerca de um programa de tv que retrata a vida cansativa de uma multi-milionaria com 8 "criancinhas rechonchudinhas dadas a uma vasta gama de amuos, birras e trapalhadas". Pobre coitada, dizia a minha mae, nem pode trabalhar, a sorte e que tem dinheiro. COITADA???? Chegam ai, param... Está bem que quando decidimos colocar uma criança no mundo nao sabemos se vem 1 ou 4 mas dai a ser uma martir... por amor de Deus esta SRA tem um jardineiro, uma empregada interna e uma ama tudo isto para alem do MARIDO... Pais de todo o mundo, o tempo que sao OBRIGADOS a DISPENSAR aos vossos filhos é precioso...
Tenho dito....
Quanto ao outro assunto que queria falar... esqueci-me... fica para o proximo post.... 

15 de agosto de 2010

Era hoje...

Se nao tivesse a fazer pao... ( tu ate entendias o que quero dizer)...
... Hoje P, pedia-te em casamento....

Acabei finalmente....

Acabei o meu livro que estou a escrever á 3 anos...
FINALMENTE....
 O problema e que as personagens que usei sao pessoas reais e faceis de identificar ( so mudei os nomes ), e muitos desses meus amigos cometeram todo o tipo de traiçoes e talvez va mesmo terminar um casamento ou outro....
Sao pessoas que adoro...
Acho que vou mesmo ter de mudar o Titulo para,

 "O livro que nao devia ter escrito"....

Estou tramada....

14 de agosto de 2010

Snakes.....


Era uma vez uma cobra que começou a perseguir um pirilampo. Ele fugia

com medo da feroz predadora, mas a cobra não desistia. Um dia, já sem
forças, o pirilampo parou e disse à cobra:
-Posso fazer três perguntas?
- Podes. Não costumo abrir esse precedente, mas já que te vou comer, podes perguntar.
- Pertenço à tua cadeia alimentar?
- Não.
- Fiz-te alguma coisa?
- Não.
- Então porque é que me queres comer?
- PORQUE NÃO SUPORTO VER-TE BRILHAR!!!
E é assim....
Diariamente, tropeçamos em cobras!

9 de agosto de 2010

Tantas vezes....


Quantas vezes andavas na rua e sentiste um perfume e te lembraste de alguém que não vias há muito tempo?

...Quantas vezes olhaste para uma paisagem numa fotografia, e te imaginaste lá com alguém de quem gostas muito ao teu lado?
...Quantas vezes voltaste àquele lugar onde começaste uma das melhores fases da tua vida?
...Será que consegues contar pelos dedos de uma só mão quantas vezes te zangaste com amigos teus porque eles tentaram fazer-te mudar de ideia e depois descobriste que eles estavam certos?
...Quantas vezes foste ajudado a levantar pela pessoa que achavas que iria ficar mais feliz com a tua derrota?
...Quantas vezes foste apresentado a alguém e ficaste cheio de esperanças?
...Quantas vezes olhaste para uma pessoa na rua e pensaste: "Conheço-te de algum lado"?
...Quantas vezes já abraçaste os teus amigos?
...Quantas vezes pensaste que estavas no fundo do poço e achaste algo de bom que nunca terias encontrado se não tivesses ido tão fundo?
...Quantas vezes tu estavas do lado de alguém, e tua cabeça não estava ali?
...Quantas vezes já te arrependeste de alguma coisa que tenhas dito dois segundos depois de teres falado?
...Quantas vezes já te tornaste frio, ou te zangaste com pessoas que não tinham nada a ver com os teus problemas?
...Quantas vezes, te lembraste de uma coisa boa e depois gelaste porque aquilo já acabou?
...É ou não verdade que há uma música que não gostas de ouvir porque te lembra algo que fizeste quando ela estava a tocar há alguns anos atrás, ou porque te lembra alguém que tu queres esquecer mas não consegues?
...Quantas vezes sentiste vontade de chorar só de pensar em coisas que eram boas, mas que na altura não davas valor?
...Quantas vezes tiveste aquele dia em que tudo correu mal, mas que no finzinho aconteceu algo maravilhoso?
...Quantas vezes alguém olhou nos teus olhos e ficaste sem respiração mesmo sem sentir?
...Quantas vezes ajudaste alguém e depois essa mesma pessoa te virou as costas?
...Há pessoas na tua vida a quem tu puseste uma alcunha carinhosa e que só tu usas?
...Quantas vezes choraste porque te lembraste de alguém que amavas e não lhe disseste?
...Já perdeste alguém de quem gostavas muito?

Para estas perguntas existem muitas respostas...
Mas o importante sobre elas não é a resposta em si...

Mas sim o sentimento!

Cada pergunta lembra algo ou alguém...
Todos nós erramos, julgamos mal, amamos, todos nós um dia não tivemos coragem e hoje nos arrependemos.
Todos já fizeram uma coisa quando o coração mandava fazer outra...

E depois apenas fica o amanha, nao para corrigir mas para melhor...